NOS BECOS DA WEB...

segunda-feira, 5 de setembro de 2011

A não-posse é uma posse

Estou fazendo o que eu posso
Ou melhor, o que eu não posso
com minha falta de posses.

A obsessão da possessão
Possui o mundo.
E quem possui
a falta de fundos
se esfalfa
e é excluído
e é imundo.

Mas é também um consumidor
num mundo em que se vendem créditos
e se afunda em dívidas
multiplicadas por juros inéditos.

Possuir a não-posse
é também possuir
e é ser vítima de si mesmo,
pois quem mandou acreditar nessa ficção
que é a propriedade privada?

3 comentários:

Luis Eustáquio Soares disse...

rrrrrrrrrrralheres prudentemente, já dissera ele, o anarquista,
que a propriedade privada é um roubo e levinas que o meu lugar ao sol é o começo de toda usurpação

b
l

Nita disse...

Olá

Passei por aqui e desejo uma boa semana.

Um beijo.

Nita

silvioafonso disse...

.


Tu és o meu grande amor.
Por ti eu mato e morro, até
peço socorro pra não te per-
der.
Amor de teimosia, ópio que
vicia, que dói e faz sofrer.
Ama-se com possessividade
ou não se tem o amor senti-
do.

silvioafonso





.